> Media Capital Divulga resultados de 2016

02/03/2017

O Grupo Media Capital divulgou hoje os resultados da atividade, referente ao ano 2016.

  

Principais destaques:

 

  • O resultado líquido do Grupo Media Capital subiu 10% para € 19,1 milhões.

  • O EBITDA do Grupo Media Capital melhorou 3% em 2016 face a 2015, alcançando € 41,5 milhões, com os rendimentos operacionais a manterem-se ao nível do ano anterior e os gastos operacionais excluindo depreciações e amortizações a recuarem 1%. No mesmo período, o resultado líquido subiu 10%, para € 19,1 milhões.

  • No que se refere à publicidade, os rendimentos consolidados desta natureza melhoraram 4% face a 2015.

  • A TVI manteve a liderança de audiências em televisão, registando uma quota de audiência de 21,5% e de 25,2%, no total do dia e no horário nobre, respetivamente. A diferença face ao segundo canal mais visto foi de 3,9pp no primeiro caso e de 3,1pp no último, em ambos os casos aumentando a distância relativamente a 2015 (em 0,1pp e 0,2pp respetivamente). A liderança da TVI em audiências mantém-se no grupo de canais TVI, com 25,0% no total do dia e 28,2% em horário nobre, mais 3,7pp e 2,9pp do que o segundo grupo de canais concorrente.

  • Na vertente financeira, o segmento de Televisão registou um EBITDA de € 33,6 milhões, melhorando 6% relativamente a 2015, correspondendo a uma margem de 23,6%.

  • Por seu turno, o segmento de Produção Audiovisual obteve um EBITDA positivo (€ 1,5 milhões), melhorando € 0,4 milhões face a 2015.

  • O EBITDA do segmento de Rádio ascendeu a € 5,4 milhões, atingindo uma margem de 30,4%. Considerando a média das cinco vagas de audiências de 2016, o conjunto das rádios do Grupo Media Capital registou um share de audiência de 34,9%. A Rádio Comercial continua a liderar, com um share médio de 23,5%, ao passo que a m80 foi a rádio que mais melhorou em Portugal (+1,0pp), alcançando 6,9%, sendo já a quarta rádio em Portugal. 

  • Na atividade digital, a publicidade melhorou 14% no ano de 2016.

  • Em termos de cash flow operacional verificou-se um crescimento homólogo de 31%, para € 38,2 milhões, tendo a dívida líquida recuado € 14,1 milhões, não obstante os dividendos distribuídos de € 16,1 milhões.

                                              

Para mais informações, aceda ao comunicado completo, já disponível no site da Media Capital em http://www.mediacapital.pt/p/486/resultados-financeiros/ .