> AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2017

TVI É O ÚNICO CANAL A SUBIR NO CONSUMO TELEVISIVO

04/12/2017

Em novembro a TVI foi o único canal a contrariar a quebra de consumo televisivo registado em Portugal, tendo crescido 1% no total dia e 3% no prime time face a período homólogo. Ou seja, enquanto todos os canais portugueses, incluindo os do universo do Cabo, apresentam uma diminuição no tempo de seu visionamento, a TVI experimenta o fenómeno contrário: comparativamente com novembro do ano passado, os espectadores passam mais tempo a assistir a oferta de programação da TVI.

A TVI foi, pelo 136º mês consecutivo o canal mais visto, com um share de 21,5% em Universo (SIC com 17,7% e a RTP1 com 12,4%), de acordo com os dados da GfK.

No horário nobre a TVI mantem também a sua posição de líder ao registar 24,4% no Universo, e o mesmo se passou com o principal target comercial, Adultos – de 22,3% e 25,0%, no total do dia e horário nobre, respetivamente.

Nota de destaque também para a liderança no target ABCD 15/54 no prime time.

Informação:

Os blocos de informação continuaram a liderar perante os produtos concorrentes, com o “Jornal da Uma” a registar 631 mil espectadores e um share de 26% e o “Jornal das 8” a obter 1 milhão e 121 mil espectadores com um share de 24,6%.

Entretenimento:

“Masterchef Júnior”, estreou este mês ao domingo à noite, e obtém 1 milhão e 45 mil espectadores e 22% de share.

“Nunca Digas Nunca!”, o programa emitido aos sábados à tarde e que deu início às comemorações dos 25 anos da TVI, registou 649 mil espectadores e 20,8% de share.

“Apanha se Puderes” alcança uma quota de 25,5% e uma audiência média de 998 mil espectadores, valores de liderança absoluta no seu horário de exibição.

Nas manhãs, “Você na TV” continua a ter a preferência dos portugueses ao registar uma audiência média diária de 380 mil espectadores, correspondendo a um share de 29,1%. A mesma liderança de consumo para “A Tarde é Sua”, que registou 434 mil espectadores e um share de 19,1%, e o “Somos Portugal” que se reafirma como o programa líder indiscutível das tardes de domingo, tendo obtido uma audiência de 802 mil indivíduos e 24,2% de share.

Ficção:

A Herdeira registou uma audiência média de 1 milhão 368 mil espectadores e um share de 30,1% este mês, sendo a novela mais vista em prime-time na televisão portuguesa.

A novela “A Impostora”, que terminou ontem, obteve um excelente resultado: audiência média de 1 milhão e 48 mil espectadores e um share de 29,8%. Ao longo destes meses de exibição, o valor obtido foi de uma audiência média de 991 mil espectadores e um share de 25,8%.