> 2018 – TVI: 14 ANOS DE LIDERANÇA CONSECUTIVOS

16/01/2019

2018 fica novamente marcado para a TVI, por uma liderança consolidada e indiscutível na sua oferta televisiva, desde a Informação ao Desporto à Ficção e ao Entretenimento, pelo 14º ano consecutivo, a TVI obteve um share no total dia 20.0% e no horário nobre 23.6%, mantendo grande diferença para o seu mais direto concorrente com +3.5% de share no total dia e 3.2% no prime time, de acordo com a Gfk. No que respeita ao target Adultos, a TVI obteve um share ainda mais elevado, tendo no total dia 20.8% e no horário nobre 24.2%.

Alias a TVI fecha o último mês do ano com chave de ouro tendo liderado face à concorrência com a sua Gala Especial fim de ano “Dança com as estrelas”, emitido, ontem, entre as 21h41 e as 00h30, com uma audiência média de 788 mil e uma quota líder de 24,6%. No mesmo horário de emissão, a SIC ficou em segundo lugar com 22,3%, seguida da RTP com 13,6%.

Na passagem da meia-noite, a oferta da TVI registou uma audiência de 852 mil espectadores (com um share de 28,0%), ficando na segunda posição a SIC com 651 mil espectadores e RTP1 com 605 mil indivíduos

 Liderança na Informação:

A informação alcançou resultados históricos em 2018. O “Jornal das 8” foi o noticiário mais visto em 81% dos dias do ano, com uma audiência média de 949 mil espectadores a que correspondeu uma quota de 22.3%.

O jornalista Miguel Sousa Tavares é o responsável máximo pela linha editorial da edição do “Jornal das 8” à segunda-feira, sempre com excelentes resultados.

A rubrica “Deus e o Diabo” marca o regresso de José Eduardo Moniz à antena da TVI, num formato inovador e com provas dadas liderando de forma destacada.

De salientar também “Global” de Paulo Portas, todos os domingos, espaço de comentário da atualidade internacional.

“Ana Leal”, o espaço de informação dedicado ao jornalismo de investigação da TVI, com liderança no horário, obteve uma audiência média de 1 milhão 120 mil indivíduos, a que correspondeu uma quota de mercado de 24.2%. Outro dos destaques vai para o “Repórter TVI”, com 1 milhão 70 mil indivíduos e 24% de share e também para os excelentes resultados obtidos pelo “Segredo dos Deuses”.

Nota também para mais um ano de liderança do “Jornal da Uma” em que obteve a preferência dos portugueses em quase 74% dos dias.

Liderança no Desporto:

Este ano, marcou também lugar no pódio a transmissão em exclusivo da “Liga dos Campeões”, que obteve um share líder de 41,1% e uma audiência média de 1 milhão e 900 mil indivíduos. No target masculinos, o share sobe para 49,5%.

 

Liderança no Entretenimento:

 Terminada a segunda série de “Pesadelo na Cozinha”, reafirmou-se como o programa de entretenimento mais visto na televisão portuguesa, com uma audiência média de 1 milhão e 371 mil espectadores e um share de 29,3%, destronando por completo a concorrência.

De salientar, os excelentes resultados do programa “Conta-me Como És” apresentado por Fátima Lopes, e emitido ao início das tardes de sábado, que registou um substancial crescimento para a estação nesse horário, com cerca de 550 mil espectadores, em média, todas as semanas.

Também “MasterChef Júnior” teve, de uma forma destacada, a preferência dos portugueses. Já para o final do ano estreámos duas edições especiais do “MasterChef”, tendo liderado nos seus horários de exibição. Ambos ultrapassaram  mais de 1 milhão de espectadores médios.

Tivemos o “Secret Story 7: Casa dos Segredos”, que nos acompanhou ao longo de 14 semanas liderando todos os domingos. Tal como aconteceu nas semanas seguintes, com o “Secret Story: O Reencontro”.

Em agosto, terminou mais uma edição da  “A Tua Cara Não Me é Estranha” que obteve, uma audiência média de 995 mil espectadores e um share de 27,4%.

Nas manhãs, “Você na TV” é o programa preferido dos portugueses ao registar, em 2018, uma audiência média diária de 365 mil espectadores, correspondendo a um share de 26%. Na reta final do ano, Manuel Luis Goucha e Rui Oliveira, convidaram os portugueses a entrar no seu Monte do Alentejo, partilhando momentos inesquecíveis num cenário extraordinário. E os portugueses aderiram em massa! O programa fez a diferença nas manhãs da televisão portuguesa.

A mesma liderança de consumo para “A Tarde é Sua”, que registou 355 mil espectadores e um share de 16.7%, reafirmando-se como o programa líder nas tardes. O “Somos Portugal”, mantém-se em 2018 como o programa preferido das tardes de domingo, com uma audiência de 689 mil indivíduos e 21.5% de share.

 

Liderança na Ficção:

Em exibição “Valor da Vida” é atualmente a novela mais vista em Portugal que regista uma audiência média de 1 milhão 79 mil espectadores e um share de 24.4%.

“A Teia”, a produção de ficção policial tem conquistado os portugueses com uma audiência media de 779 mil espectadores , liderando perante a concorrência.

O ano que terminou ficou também marcado pelo fim de grandes produções de Ficção Nacional.

“A Herdeira”, emitida em 2018, revelou-se uma novela de grande sucesso e a mais vista em Portugal, tendo obtido uma audiência média de 1 milhão e 243 mil espectadores e um share de 27.7% .

A novela “Jogo Duplo”, liderou no seu horário de exibição perante o produto de ficção da concorrência, com uma audiência média superior a 810 mil espectadores e um share de 23,4%.

O final da primeira série “Onde Está Elisa?”, obteve uma audiência média de 450 mil espectadores e um share de 20%, ganhando no seu horário perante o programa emitido no mesmo horário noutro canal.